Páginas

5 de ago de 2012

Notas de um domingo à tarde 5/8

Criamos consciência de nossa existência não sabendo como a própria existência surgiu e perdemos essa consciência sem nunca sabermos o fim da existência por si. Nossa consciência, o que chamamos vida, o nosso conceito de tempo, é apenas uma fração, uma faísca tão rápida que torna-se difícil nota-la.

Você realmente acha que a importância vem no após? No anterior?

O que veio antes da consciência e o que virá depois, é apenas a existência. Bidirecional e infinita em ambas direções. Teus conceitos, teus preconceitos, teus amores, desamores até mesmo tua percepção de tempo, existe agora, enquanto faísca no infinito.

Viver é uma dádiva, não porque você teve a chance de provar algo a algum ser superior. É uma dádiva porque tivemos a chance de sermos mais uma faísca na linha infinita da existência e termos consciência disso!

Leia isso no Google Docs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário